Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

AMI - Age, Muda, Integra

China: Projecto da AMI em Qinghai não foi afectado pelo sismo

 

Escola primária e alunos tibetanos apoiados pela ONG portuguesa estão a salvo.

 

 

As infra-estruturas da “Christian Action”, ONG parceira da Assistência Médica Internacional (AMI), em Qinghai, estão intactas, não tendo sido afectadas pelo sismo que ontem atingiu aquela província, adiantou hoje a ONG local.

No centro das preocupações estava a escola primária construída pela AMI e que alberga 67 crianças tibetanas na localidade de Coufutum. O projecto iniciado em 2007 e concluído este ano veio melhorar substancialmente as condições de ensino nesta localidade. As crianças tibetanas tinham aulas em tendas sob um clima bastante adverso (neve e tempestades de areia).

A AMI aguarda nos próximos dias o envio de um relatório mais detalhado sobre os efeitos do sismo de ontem, por parte da ONG parceira, tendo-se desde já disponibilizado a apoiar a “Christian Action” em projectos que visem minorar os efeitos do sismo na população da província de Qinghai, a terceira mais pobre da China.