Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

AMI - Age, Muda, Integra

15ª Campanha de Reciclagem de Radiografias arranca dia 4 de Junho

Arranca dia 4 de Junho, véspera do Dia Mundial do Ambiente, a 15ª edição da Campanha de Reciclagem de Radiografias, um dos vários projectos de cariz ambiental da AMI que a levou recentemente a criar o seu quarto pilar de acção. Desta forma o Ambiente vem se juntar às três outras áreas de acção da AMI (Assistência Médica, Acção Social e Alertar Consciências), quer a nível Internacional, quer a nível Nacional.

 

Durante três semanas, e apoiada por todas as Farmácias do País, a AMI vai recolher o maior número possível de radiografias com mais de cinco anos e/ou sem valor clínico para posterior reciclagem e extracção de prata nelas contida.

 

Neste processo, a prata é separada das películas, obtendo-se por cada tonelada de radiografias, cerca de 10 kg de prata.  Procede-se depois à venda da mesma nos mercados internacionais, garantindo assim uma fonte de recursos importante para a prossecução do trabalho humanitário da AMI, ao mesmo tempo que se contribui para a preservação do ambiente.

 

Os 3 princípios da sustentabilidade estão assim reunidos nesta acção:  reciclagem (aproveitamento de resíduos) – criação de riqueza (recuperação e venda da prata) – responsabilidade social (aplicação dos fundos em projectos de desenvolvimento humano).

 

Nas catorze campanhas desenvolvidas anualmente desde 1996, a AMI conseguiu recolher mais de mil toneladas de radiografias, recuperando mais de 1 tonelada de prata, possibilitando o investimento de mais de um milhão de euros em projectos de desenvolvimento e luta contra a pobreza.

 

As receitas provenientes da venda são canalizadas para os projectos de acção social da AMI em Portugal (nove centros Porta Amiga que prestam assistência às populações mais desfavorecidas, dois Abrigos Nocturnos, duas equipas de rua de apoio aos sem-abrigo e uma unidade de apoio domiciliário), bem como para a acção humanitária que a AMI leva neste momento a mais de 40 países nos quatro cantos do Mundo.

 

Nunca é demais relembrar, e mais ainda neste momento de crise, que todos, sem excepção, podem ajudar nesta campanha já que não é pedido qualquer esforço financeiro.  Basta apenas dar-se ao trabalho de procurar radiografias antigas e sem valor de diagnóstico e entregá-las na farmácia mais próxima.