Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

AMI - Age, Muda, Integra

Cartão Saúde AMI

Numa altura em que o Serviço Nacional de Saúde se sujeita a sofrer uma redefinição do seu carácter universalista e da sua tendência gratuita, o cartão de saúde AMI ganhou agora uma série de melhorias. Desde 2002 que este serviço de assistência médica garante, entre outros, o acesso dos seus beneficiários (titular e agregado até 5 pessoas) a uma rede de assistência médica com descontos e preços acessíveis em
consultas médicas de clínica geral e da especialidade e outros serviços de cuidados de saúde.

 

Agora, para além de uma redução significativa nos preços de tabela, passa a incluir uma cobertura de Assistência Médica Hospitalar para intervenções cirúrgicas, com um plafond de 5 mil euros por membro do agregado familiar, e estende o Subsídio de Hospitalização a todo o
agregado familiar. Melhorada foi também a Assistência Médica de Urgência ao Domicílio 24h/dia, que passa a estar disponível em
todo o território nacional, com um valor fixo de 10 euros, independentemente da zona, hora ou dia da semana.

 

A rede de hospitais convencionados abrange as principais unidades privadas do país, incluindo os Hospitais Lusíadas e os Hospitais CUF, entre outras unidades de referência, estando nelas disponível um pacote de cirurgias a preços reduzidos aplicável, por exemplo, em doenças pré-existentes.

 

Novidade é ainda a introdução do Serviço de entrega de medicamentos ao domicílio e de descontos até 15% numa determinada Rede de
Farmácias.
Por outro lado o Cartão de Saúde AMI contribui para financiar o trabalho humanitário da AMI, reforçando a sua independência e autonomia financeira. Por exemplo, com o valor de cada subscrição, a AMI consegue fornecer cerca de dez refeições nos Centros Porta Amiga.

 

Mais informações sobre este serviço estão disponíveis no site
www.ami.org.pt e através do número 808 201 382.