Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

AMI - Age, Muda, Integra

AMI congratula-se com classificação no censo às Fundações

Press Release

 

No censo às Fundações levado a cabo pela Secretaria de Estado da Administração Pública, a AMI obteve o 5º melhor resultado entre as 190 Fundações que foram objecto deste estudo que teve como finalidade, avaliar o respectivo custo/benefício, viabilidade financeira e decidir sobre a sua manutenção ou extinção e sobre a continuação, redução ou cessação dos apoios concedidos pelo Estado Português.

 

Este estudo incidiu sobre três aspectos fundamentais: Pertinência/Relevância, Eficácia e Sustentabilidade. A AMI, com uma classificação global de 72,3 em 100, obteve pontuação máxima no item Eficácia, que analisou a Quantificação dos recursos públicos afectos às principais actividades desenvolvidas, os Fundamentos para a manutenção dos apoios públicos concedidos e o Custo/eficácia das principais actividades e serviços prestados. 

 

O financiamento público (Governo da República, Governos Regionais, Autarquias) representa para a AMI, 18,4% do seu Orçamento, tendo estes apoios sido quase exclusivamente aplicados nos projectos de luta contra a pobreza e exclusão social em Portugal, através dos equipamentos de acção social que a AMI tem espalhados pelo país. 81,6% do Orçamento da AMI é pois proveniente de donativos privados (sociedade civil e empresas) e dos seus fundos próprios.

 

Graças ao esforço, dedicação e generosidade dos seus 224 funcionários e 7156 voluntários, a AMI conseguiu, na sua obra social e na sua missão internacional, abranger quase um milhão de pessoas em Portugal e nos 17 países onde está presente.