Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

AMI - Age, Muda, Integra

Equipa de emergência da AMI parte Domingo para a Guiné-Bissau

Em resposta à solicitação da Direcção-Geral de Prevenção e Promoção da Saúde da Guiné-Bissau que está confrontada com um surto de diarreias, parte neste Domingo para Bissau uma equipa de 4 elementos da AMI, liderada pelo seu presidente, Dr. Fernando Nobre, que se juntará aos 3 elementos da missão permanente que a AMI tem neste país.

Até à data, foram detectados 1025 casos (9 dos quais resultaram em morte) tendo alguns deles, revelado resultado positivo nos testes laboratoriais ao Vibrião cólera. Relembre-se que em 2008, uma situação semelhante foi responsável por mais de 14.000 casos clínicos e 225 mortes.

Segundo a OMS e as autoridades guineenses, este surto incide sobretudo na região de Bissau, tendo sido pedido à equipa da AMI que actuasse no Hospital Simão Mendes, o principal do país.

Para esta intervenção prevista para três meses e com custos estimados em cerca de 300 mil euros, foi solicitado co-financiamento à Ajuda Humanitária e Protecção Civil da União Europeia (ECHO) e ao Camões - Instituto da Cooperação e da Língua.