Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

AMI - Age, Muda, Integra

AMI prepara reforço da equipa nas Filipinas

Após avaliação in loco da amplitude das necessidades, quer na ilha de Leyte, quer na cidade de Tacloban, onde testemunhou um cenário de total devastação, a equipa da AMI regressou, ontem, a Siargao, para ajudar na evacuação de cinco doentes e adquirir alimentos e água, duas das necessidades urgentes da maior parte da população da ilha de Leyte.

Neste sábado, os dois voluntários da AMI regressarão a Tacloban para melhor avaliação da sua contribuição para suprir as necessidades em articulação com os organismos de coordenação da ajuda, tendo como objetivo imediato, nesta primeira fase, providenciar assistência a três centros da Congregação das Irmãs Missionárias da Caridade de Tacloban.

Uma vez definidos o local exato e a área de trabalho da AMI,  a equipa no terreno será reforçada já na próxima semana, em função das necessidades concretas a suprir na ilha de Leyte, seja na área da saúde ou da segurança alimentar.

As Nações Unidas atualizaram o balanço desta crise humanitária, estimando agora perto de 4.500 mortos e 11,8 milhões de pessoas afetadas pela passagem do tufão Haiyan.

Entretanto, o Governo português já manifestou intenção de apoiar os esforços de ajuda humanitária às Filipinas através da missão da AMI.

É possível contribuir para o desenvolvimento desta missão da AMI nas Filipinas através da conta de emergência BES 000700150040000000672, da rede Multibanco, opção “Pagamento de Serviços”, entidade 20909 e referência 909 909 909 ou ainda efetuar um donativo online através do link: https://loja.ami.org.pt/produtos/donativos/donativo-livre