Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

AMI - Age, Muda, Integra

AMI apoia estudantes em projetos solidários

Já são conhecidos os vencedores da 4ª edição do prémio Linka-te aos Outros. São eles:

- “Pintar Sonhos”, Agrupamento de Escolas da Lousã- Escola Secundária da Lousã, que visa proporcionar a crianças de famílias desfavorecidas, identificadas e beneficiárias da Associação Vida, a melhoria das suas condições de conforto, harmonia, estabilidade, através da decoração dos seus quartos;

- “Crescer Solidário”, Escola Básica 2, 3 Ferreira de Castro, Mem Martins, que propôs a realização de ações de  voluntariado com vista à angariação de bens para as famílias mais carenciadas do agrupamento de Escolas Ferreira de Castro e Centro de Dia desta localidade;

- “Melhorar a qualidade de vida visando uma maior integração na vida escolar”, Escola Secundária- 3º ciclo- Entroncamento, que pretende promover a melhoria da qualidade de vida de duas irmãs, alunas da escola e pertencentes a uma família carenciada, de forma a promover a inclusão e aumentar a motivação para os estudos;

- “Enlaça-me”, Colégio Miramar (Lagoa-Santo Isidoro), cujo principal objetivo é a criação de laços entre diferentes faixas etárias, promovendo a interação e a partilha de saberes e vivências, através de uma parceria com o Centro Social Paroquial Santo Isidoro;

-“A casa dos Sonhos”, Escola Básica Integrada da Quinta do Conde, projeto de reabilitação de uma Comunidade de Inserção “A CASA”, que tem capacidade para acolher 5 mulheres cuja situação social, familiar, financeira e/ou habitacional seja desfavorável.

 

Apoiado institucionalmente pelo Ministério da Educação, este concurso que a AMI lança todos os anos aos estudantes do ensino básico e secundário de todo o país, é um projeto de intervenção social no qual os jovens são os protagonistas. A ideia é apoiar soluções solidárias apresentadas e implementadas pelos estudantes, transformando-os em agentes ativos de mudança social junto das comunidades locais.

Os projetos vencedores são financiados pela AMI, sendo a iniciativa patrocinada pelo Banco Popular, garantindo-se assim a viabilidade e sustentabilidade dos mesmos. Importante é ainda o envolvimento da comunidade local, daí que 10% do orçamento tenha obrigatoriamente de ser angariado pelos proponentes junto de empresas, instituições ou comércio local.

1 comentário

Comentar artigo