Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

AMI - Age, Muda, Integra

“SOS Pobreza” reforça sensibilização com acção de voluntariado e vídeo promocional

 

A primeira marca de solidariedade nacional, SOS Pobreza, promove este fim-de-semana uma acção de voluntariado em dez hipermercados das áreas da Grande Lisboa, Porto e Braga e, paralelamente, apresenta nas redes sociais o primeiro vídeo promocional.

 

A ideia é alertar consciências e dar a conhecer à população uma forma simples e inovadora de apoiar o combate à pobreza e à exclusão social em Portugal, comprando produtos do dia-a-dia.

 

Os voluntários estarão presentes este Sábado e Domingo nas lojas do El Corte Inglês de Lisboa e Porto; nos hipermercados Jumbo de Alfragide, Cascais e Arrábida Shopping e nos espaços Pingo Doce de Sintra, Telheiras, Barreiro, Braga e Santa Maria da Feira.

 

Graças aos SOS Pobreza, os consumidores têm pela primeira vez a oportunidade de encontrar nas grandes superfícies uma gama de produtos portugueses solidários (como águas, sumos, azeite, arroz, frutas e legumes, entre outros) cuja receita reverte integralmente para os projectos sociais da AMI.

 

Antecipando esta acção de voluntariado, a AMI estreia hoje o primeiro vídeo promocional da marca, através das redes sociais.

 

Lançada em Abril deste ano, a marca SOS Pobreza já possibilitou a realização de 920 consultas de acompanhamento social nos centros Porta Amiga da AMI.

 

Os produtos SOS Pobreza estão disponíveis nas lojas do Continente, E Leclerc, El Corte Inglês, Jumbo, Pingo Doce e Staples.

Exposição: “Taveira da Cruz e Outros Mestres da Pintura e da Escultura”

Taveira da Cruz é o artista plástico convidado da Galeria AMIarte para o mês de Outubro.

O pintor e escultor aceitou o convite e decidiu expor não só trabalhos da sua autoria como também obras da sua colecção particular, os quais vão estar, igualmente, à venda.

Uma oportunidade rara para ver trabalhos de nomes como Alves Cardoso, António Inverno, Carlos Lança, Manuel Cutileiro, Sobral Centeno, Teixeira Lopes entre outros que vão, assim, figurar na exposição “Taveira da Cruz e Outros Mestres da Pintura e da Escultura”, cuja inauguração terá lugar no dia 29 de Setembro, sábado, às 16h00.

A exposição decorrerá até ao dia 29 de Outubro e poderá ser visitada de terça a sábado, entre as 15h00 e as 20h00, na Galeria AMIarte, Rua da Lomba, 153-159, Porto (perto das estações do comboio e do metro em Campanhã).

AMI congratula-se com classificação no censo às Fundações

Press Release

 

No censo às Fundações levado a cabo pela Secretaria de Estado da Administração Pública, a AMI obteve o 5º melhor resultado entre as 190 Fundações que foram objecto deste estudo que teve como finalidade, avaliar o respectivo custo/benefício, viabilidade financeira e decidir sobre a sua manutenção ou extinção e sobre a continuação, redução ou cessação dos apoios concedidos pelo Estado Português.

 

Este estudo incidiu sobre três aspectos fundamentais: Pertinência/Relevância, Eficácia e Sustentabilidade. A AMI, com uma classificação global de 72,3 em 100, obteve pontuação máxima no item Eficácia, que analisou a Quantificação dos recursos públicos afectos às principais actividades desenvolvidas, os Fundamentos para a manutenção dos apoios públicos concedidos e o Custo/eficácia das principais actividades e serviços prestados. 

 

O financiamento público (Governo da República, Governos Regionais, Autarquias) representa para a AMI, 18,4% do seu Orçamento, tendo estes apoios sido quase exclusivamente aplicados nos projectos de luta contra a pobreza e exclusão social em Portugal, através dos equipamentos de acção social que a AMI tem espalhados pelo país. 81,6% do Orçamento da AMI é pois proveniente de donativos privados (sociedade civil e empresas) e dos seus fundos próprios.

 

Graças ao esforço, dedicação e generosidade dos seus 224 funcionários e 7156 voluntários, a AMI conseguiu, na sua obra social e na sua missão internacional, abranger quase um milhão de pessoas em Portugal e nos 17 países onde está presente.

Projecto “Arte Urbana” pela primeira vez em Lisboa

Agostinho Santos, Ana Allen, António Carmo, António Quadros Ferreira, Catarina Machado, Cátia Ferreira, Cristina Silva, Elisabete Amaral, Eugénio Henriques Isabel Mourão Alves, Marta Coelho, Mazza, Paulo Neves, Rui Coutinho e Vítor Israel são os 15 nomes que compõem o leque de artistas plásticos que participam na primeira edição da “Arte Urbana”, que este ano chega a Lisboa, pela primeira vez.

 

Com excepção de António Carmo, todos os outros artistas convidados para esta exposição são da “Escola do Porto” que, desta forma, têm oportunidade de mostrar o seu trabalho nas ruas da Capital. Esta exposição, comissariada pelo artista plástico e jornalista Agostinho Santos, parte de um projecto levado a cabo no Porto desde 2008 pelo núcleo cultural da Fundação AMI – AMIarte –, em que cada artista aceitou fazer um trabalho em papel de cenário. O conjunto das 15 obras de arte vai ser afixado em mupis, em diversos pontos da Capital, e pode ser apreciado entre os dias 11 e 24 de Julho.

 

A inauguração terá lugar no próximo Sábado, dia 14 de Julho, às 15h00, na Praça da Figueira e consiste numa viagem realizada num autocarro da Carristur pelo trajecto onde se encontram os mupis com os trabalhos oferecidos à Fundação AMI e que, posteriormente, serão leiloados num jantar a realizar em Lisboa.

6ª Corrida Pontes de AMIzade em Coimbra é já este Domingo

Arranca já no próximo Domingo, dia 22 de Abril, a 6ª edição da Corrida Pontes da AMIzade, em Coimbra. Trata-se de um evento desportivo de carácter solidário organizado pela Delegação Centro da Fundação AMI.

A partida para a corrida de 10 km ou para a caminhada de 4 km está marcada para as 10h00 no Estádio Universitário de Coimbra, vai passar pela Avenida Conímbriga em direcção ao tabuleiro inferior da Ponte Açude, Avenida Marginal, Avenida Cidade Aeminium, Largo da Portagem, Avenida Emídio Navarro, Avenida da Lousã, Avenida Cónego Duarte, Ponte Rainha Santa Isabel, Rotunda das Lages, Exploratório, Centro Náutico, Ponte Pedonal Pedro e Inês, Ínsua dos Bentos, Parque Verde, Avenida Emídio Navarro, Ponte de Santa Clara, Avenida de Conímbriga, Rua António Luis Verney, finalizando com entrada no Estádio Universitário em direcção à Meta.

As inscrições podem ser efectuadas até 21 de Abril na Delegação Centro da AMI situada no Quintal do Pior, nº21 (com o custo de 5 euros) ou no próprio dia e local da prova (8 euros).

Este evento conta com o apoio da Câmara Municipal de Coimbra, Pelouro do Desporto desta autarquia, Policia Municipal de Coimbra, Companhia de Bombeiros Sapadores, Universidade de Coimbra, Direcção de Estradas de Coimbra e Associação Distrital de Atletismo de Coimbra, para além do patrocínio de várias empresas.