Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

AMI - Age, Muda, Integra

"Escalada rápida da cólera no Haiti já matou 643 pessoas" - Antena 1

 

"No Haiti, a cólera já matou 643 pessoas e quase 10 mil estão internadas. O balanço foi feito pelo Ministério da Saúde do Haiti. Só ontem, morreram 46 pessoas no norte do país - onde começou a epidemia, com registo de 42 mortos no oeste do Haiti. Região onde fica Port au Prince, a capital. Rui Oliveira, o chefe da missão da AMI no país, alerta para a forte possibilidade do surto chegar à capital." - Antena 1.

Link: http://ww1.rtp.pt/noticias/?headline=46&visual=9&tm=7&t=Escalada-rapida-da-colera-no-Haiti-ja-matou-643-pessoas.rtp&article=390570

"AMI confirma primeiros casos de cólera na capital do Haiti" - RR

"A Assistência Médica Internacional (AMI) confirma a existência de cinco casos de cólera na capital do Haiti, Port-au-Prince, mas nega a existência de um surto.

São casos importados do norte do país, onde a epidemia de cólera já matou 259 pessoas e encontram-se hospitalizadas mais de três mil pessoas.

A organização nacional da AMI já confirmou a existência destes novos casos de cólera que estão a preocupar a população da capital haitiana, explica a enfermeira Neusa Velosa.

“Neste momento as pessoas estão um bocado assustadas, apesar de os cinco casos que apareceram em Port-au-Prince serem casos importados, de momento, não há nenhum foco em Port-au-Prince”, diz Neusa Velosa.

A Assistência Médica Internacional encontra-se no terreno a desenvolver um trabalho de prevenção, alertando para os cuidados a ter para evitar apanhar cólera.

“A AMI está a preparar-se para a eventualidade de surgir algum foco de epidemia aqui em Port-au-Prince. As medidas essenciais que a AMI está a promover e a divulgar nos campos são higiene, ter a atenção de lavar as mãos cada vez que vão à casa de banho, cada vez que vão preparar algum alimento, e não beber água sem estar tratada”, explica a enfermeira Neusa Velosa." - RFM

Link: http://www.rr.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=93&did=125728

 

AMI lança peditório nacional - Antena 1

 

"Arranca esta quinta-feira mais um peditório nacional da Assistência Médica Internacional (AMI), que conseguiu bons resultados nos dois últimos anos. Ilda Costa, da AMI, garante que as expectativas eram baixas, por causa da crise, mas a verdade é que as pessoas se têm mostrado "preocupadas com aqueles que têm menos". Com os dos últimos peditórios a serem "os mais bem sucedidos de sempre", a AMI espera agora repetir os resultados." - Antena 1

Link: http://tv1.rtp.pt/noticias/?headline=46&visual=9&tm=8&t=AMI-lanca-peditorio-nacional.rtp&article=385371

"AMI regista recorde de pedidos de ajuda" - Antena 1

 

"A Assistência Médica Internacional (AMI) registou nos seis primeiros meses do ano um recorde de pedidos de ajuda. A AMI pede mesmo auxílio aos portugueses que tenham condições de doar alimentos e bens à organização. A jornalista Soraia Ramos revela mais pormenores" -  in Antena 1 - Link: http://tv1.rtp.pt/noticias/?headline=46&visual=9&tm=8&t=AMI-regista-recorde-de-pedidos-de-ajuda.rtp&article=383431

Apenas 10 por cento da ajuda prometida ao Haiti foi cumprida - Antena 1

 

"No início do ano a comunidade internacional foi chamada a auxiliar o Haiti, depois do violento sismo. Foram muitos os países que prometeram ajuda, mas 8 meses depois, muito poucos cumpriram. Apenas 10% da ajuda prometida, chegou ao país. O chefe da missão da AMI no HAITI relata à Antena 1 as dificuldades e as necessidades no terreno, ainda hoje. Dados descritos pelo jornalista Vítor Rodrigues Oliveira." Antena 1

AMI aponta falta de meios para combater dengue em Cabo Verde (RDP)

 

 

A AMI confirma o aumento do número de casos de dengue de dia para dia em Cabo Verde. Desde o início do surto, nos primeiros dias de Outubro, há registo de mais de 6 mil casos suspeitos e já morreram quatro pessoas. Paulo Abreu, enfermeiro da AMI em Cabo Verde, revelou à Antena 1 que faltam medicamentos, repelentes e médicos para tratar os doentes. (RDP -  2009-11-04 19:09:28).